Invista na sua equipe

Invista na sua equipe

Em tempos bicudos, como o que enfrentamos atualmente, um aspecto crescente nas empresas é a escassez do senso de pertencimento das pessoas. Isso mesmo SENSO DE PERTENCIMENTO.

Mas, afinal, o que é isso?

Uma notável característica nos profissionais da atualidade (notem que não escrevo profissionais modernos, mas sim, da atualidade) é a volatilidade de seu amor pela empresa que trabalham. O “orgulho de vestir a camisa”, transformou-se em “amor de conveniência”. E cada vez mais vejo isso se intensificar.

Não vou entrar no tema chato de geração Y, X, Z ou abobrinha, porque isso não se define por geração, mas sim, por medos, desejos, anseios e perspectivas que os profissionais têm e buscam. Entendendo que sua passagem pelo planeta é finita, as pessoas exigem e querem ser cada vez mais felizes com o que fazem.

Naturalmente, a felicidade vem de uma infinita lista de causas e razões, mas podemos nos apropriar daquelas que, como gestores, podemos interferir, que são, por exemplo:

CRIE PERSPECTIVAS DE FUTURO PARA AS PESSOAS: Todos querem saber onde podem chegar. Isso alinha a visão de futuro da pessoa e a visão de futuro da empresa. Seja claro nessas possibilidades e aberto a novas oportunidades.

DEFINA E REGISTRE O QUE AS PESSOAS DEVEM FAZER PARA CRESCER NA EMPRESA: Diga o que as pessoas devem fazer para serem aptas a um lugar no futuro da empresa. Isso possibilita a empresa ter um futuro com aqueles bons funcionários.

TREINE E DESENVOLVA MUITO AS SUAS PESSOAS: É muito mais fácil fazer as pessoas que fazem parte da empresa, que já se apropriaram da cultura organizacional e que já fazem parte da rotina, entregarem mais e melhor, do que simplesmente contratar pessoas, que vão se apropriar da cultura da empresa com o tempo. Cultura leva tempo para ser incorporada a um profissional, conhecimento, normalmente, não leva tanto. Essa conta, deve ser feita sistematicamente.

EVITE PROCESSOS SELETIVOS DESNECESSÁRIOS: Só abra processo seletivo para fora, depois de ter certeza que dentro da sua organização não existem talentos promissores, que com algum treinamento, podem dar a resposta necessária as suas necessidades.

SEJA SINCERO: Se existirem oportunidades, abra-as. Se não existirem, crie-as.

INCENTIVE A FORMAÇÃO PROFISSIONAL: Faça com que suas equipes invistam em treinamento. E, na medida do possível, para cada treinamento feito por eles, com recursos próprios, invista mais um tanto igual nestas pessoas.

Enfim, a adaptação à nova realidade nunca será uma tarefa fácil, mas a decisão deve ser tomada. Portanto, INVISTA E INCENTIVE AS SUAS PESSOAS!

Até mais!

Gostou deste conteúdo? Compartilhe:

Deixe uma resposta

Fechar Menu